segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Ritos de Passagem e Maturidade Espiritual

Ritos de Passagem e Maturidade Espiritual

Desde os primórdios dos tempos, o homem ao se organizar em tribos e grupos tem ritos que simbolizam a passagem para um mundo novo, um portal,  uma passagem de nível que neste mundo da terceira dimensão corresponderia ao avanço do tempo, como por exemplo, tornar-se adulto.



Os rituais de passagem da infância para a idade adulta geralmente testavam a coragem, a capacidade de suportar as dores da vida. No entanto, este significado parece que foi se perdendo ao longo da história, quando o homem se tornou urbano e se distanciou da natureza.

Com a Era das Trevas (a Kali Yuga ou Era do Ferro), tudo piorou. Os rituais já não refletiam mais o suportar a dor para enfrentar os desafios da vida. Os líderes de espírito guerreiro e territorialista, egoísta (muitos com muito DNA reptiliano - alguns capelinos) começaram a dominar e estes ritos de passagem foram sendo modificados, levando as pessoas a um entorpecimento de consciência.

MATURIDADE E IDADE

Estamos no final da Kali Yuga, a Era de Ferro, ou a era dos Kshatrias ou dos governantes guerreiros, a Era das Trevas, entrando agora na Treta Yuga, Era de Ouro, dos sábios governantes ou Era da Luz.

A era dos guerreiros é a era do cérebro reptiliano, animal, competitivo. Quem quer guerra cai na destruição do próximo. Por ter estas características, explicam-se os absurdos que a humanidade tem cometido durante estes milênios nos chamados ritos de passagem modernos (ou não tão modernos assim).

Na sociedade atual, a maturidade é medida pela idade e não pela responsabilidade. É medida pela capacidade de ser corruptível e aceitar as "regras do jogo" sujo do mundo adulto (nada mais reptiliano ou psicopata como os poderosos desta era das trevas).

ÁLCOOL

Tornar-se adulto significa saber beber álcool. Ser homem significa beber álcool. Quanto mais um homem conseguir beber em quantidade, mais viril ele é considerado.

Estes valores já estão sendo questionados mais recentemente. Veja artigo publicado no blog "Papo de Homem":

Precisamos falar sério sobre aquele estudante que morreu após 30 doses de vodka

Mesmo que beber muito leve a perda dos sentidos e ao hospital, por vezes até à morte.

Mesmo que beber leve a um descontrole moral, fazendo o indivíduo cometer atos contra o próximo, desde a agressão física, sexual ou psicológica. É motivo de acidentes de carro. O dizer "Se beber não dirija" não funciona na prática porque quem bebe muito fica eufórico e auto-confiante demais e geralmente é justamente a pessoa que pede aos amigos para dirigir porque pensa que tem todo controle sobre si e sobre o ato de dirigir. O Brasil é o país campeão do mundo em acidentes automobilísticos e morte no trânsito.

Não há responsabilidade em perder o senso moral e cometer atos insanos. No entanto, a mídia empurra isto como certo e como se a sociedade aceitasse muito mais as pessoas que vivem dopadas e corrompidas. Pois ao entrar no mundo adulto, as festas, as comemorações, as reuniões de negócios serão regadas a álcool.

Alec Baldwin e Whisky



Uma festa com gente divertida precisa ter álcool para que a pessoa dê vazão a um senso de humor sarcástico e debochado. Mesmo que depois as pessoas não se lembrem de mais nada por estarem muito bêbadas.

Os ritos de passagem de ano e de iniciação são regados a champagne francês. Lembremos do ano novo e das festas de trote de faculdade. Infelizmente, algumas tem levado os calouros ao coma alcoólico e até à morte.

O carnaval é sinônimo de bebida e a AMBEV patrocina este evento, sendo que governos corruptos aumentam a verba para o carnaval e diminuem a verba para saúde e educação. Alguns rituais associados ao deus Baco dizem ter sido relacionados ao carnaval. O carnaval tem implicações espirituais nefastas. Alguns deuses antigos não eram relacionados a práticas elevadas e sim que levavam ao Hades (ou inferno), eram considerados deuses do mundo inferior. Mas há ligações destas práticas com magia negra, rituais de magia negra sexual que também são regados a outras drogas consideradas ilícitas como a cocaína. Os Illuminati teriam parte nisto. Cabe lembrar a ligação do açúcar da cana de açúcar com a cachaça (os senhores de engenho são os cabeças ao dopar os escravos) e com a escravidão africana. Esta cachaça foi utilizada para dopar os afro-descendentes e levá-los ao alcoolismo, piorando a situação familiar e espiritual de todos. Senhores de engenho eram nobres europeus e portanto tinham sangue Illuminati (sangue real). A família Kennedy (sim de John F. Kennedy e de seus irmãos) era da máfia do whisky da Lei Seca e eles são considerados uma das 13 famílias Illuminati segundo Fritz Springmeier.

Brahma e Carnaval (Bêbado não lembra de camisinha)


O álcool é considerado um remédio para ansiedade e para esquecer da dor. Macho que é macho enche a cara para afogar a dor de cotovelo.

Aliás, o álcool faz as pessoas perderem a memória por desligar determinadas partes do cérebro quando consumido a partir de certa quantidade. Muita gente sai com os amigos e ficam tão bêbados que não lembram do que aconteceu. Mesmo que tenha sido a melhor saída do ano, os melhores momentos do ano - não se lembram.

A indústria da bebida alcoólica inunda a TV e os meios de comunicação de propagandas em todos os eventos de diversão. Álcool é sinônimo de poder quando associado a mulheres (quando desinibe os homens nas cantadas mas a verdade é que leva à impotência) e carros. E agora também de amizade.


Como a cerveja está ligada a macheza, a indústria do álcool também usa o futebol para angariar bebedores. No Brasil inteiro a maioria dos homens cai no estereótipo futebol, mulheres e cerveja. Mas não é só no Brasil. Nos EUA, seria Budweiser, mulher e baseball. Na Inglaterra, futebol, mulheres e cerveja inglesa. Você o macho convicto que pensa que quantidade é qualidade e contar quantas pegou mesmo que com a cerveja você não tenha percebido que era furada (e camisinha furada dá um problema para o resto da sua vida), pense melhor se a mulher que você quer realmente você vai encontrar bebendo.

Futebol e Cerveja


Infelizmente as mulheres também estão entrando nesta de achar que tem que beber bastante e se acham por isto. No entanto, beber muito para uma mulher significa estar vulnerável a qualquer ação de homens psicopatas que podem abusar entre outras coisas. Por isto as mulheres procuram beber menos que os homens ou não beber. E uma mulher que bebe quando grávida pode fazer seu filho nascer com a síndrome alcoólica fetal, que é grave.

Além disso, quem bebe muito perde a noção de limpeza e já vi homem bebendo e jogando copo de plástico depois de beber cerveja no chão da rua a menos de um metro da lixeira. O mosquito da dengue, zika e chikungunya agradece e o meio-ambiente também.

O álcool afeta a saúde diretamente em bebedores alcoólicos crônicos provocando não só a cirrose mas também o câncer de fígado e a hipertensão portal que predispõe ao sangramento intestinal.

A associação do vinho com Jesus sugere que não seja o vinho de álcool, porém qualquer outra coisa diferente, que permanece um mistério.

CIGARRO

Igualmente ao álcool, o cigarro era considerado como marca de passagem do mundo infantil para o adulto. O adolescente fumava seu primeiro cigarro crente que tinha se tornado gente. Adquiria um vício para o resto da vida que levou muitos a uma morte antecipada por acabar com os pulmões e provocar vários tipos de câncer. Além de levar à impotência. Mesmo que a mãe não seja fumante, o pai fumante também tem a participação no nascimento de bebês com asma.

Marlene Dietrich em "Disque M Para Matar" de Hitchcock


Filmes e atores propagavam este vício nos cinemas e na TV. Propagandas antigas colocavam o cigarro associado a música de altíssima qualidade e estranhamente vinculavam com práticas esportivas radicais e saudáveis.

Propagandas de cigarro dos anos 80


E as crianças brincavam com os cigarros PAN de chocolate.



Até que nos anos 90 pelo mundo a fora começaram a lutar contra o cigarro dentro das instituições de saúde. Eu lembro que nos meus estudos de prática médica, o cigarro está associado à maioria dos cânceres.



Novamente aqui há uma ligação dos Illuminati com a indústria do cigarro (tabaco). A família Onassis (de Jackie Kennedy ou Jackie Onassis, casada com John F. Kennedy - sim eles se casam entre si) era da indústria do tabaco e eles também são considerados uma das 13 famílias Illuminati segundo Fritz Springmeier.

E os fumantes também parece que perdem a noção de limpeza quando jogam bitucas de cigarro no chão, seja na rua ou na praia. E isto porque estão do lado das lixeiras. Eu sei que vão dizer que tem medo de que a bituca de cigarro vá queimar o plástico da lixeira.



SEXO

O menino se torna homem com uma relação sexual, nem que seja com  uma prostituta que é segregada pela sociedade (a família expulsa e as ignora socialmente) ou engravidando uma namorada que depois vai abortar, perder a vida social ou algumas vezes até se matar por conta disto. Não há responsabilidade em arruinar a vida dos outros e sustentar escravidão sexual e tráfico de mulheres.

Geralmente as prostitutas são marginalizadas pela sociedade. São expulsas das famílias e bebem ou consomem drogas para esquecer e aguentar esta morte social.

Os soldados dos exércitos do mundo inteiro ao estabelecer a dominância sobre uma região muitas vezes estupraram e prostituíram mulheres inimigas. Estabeleceram este tipo de conduta como correto.

Há uma ligação de prostitutas e magia negra sexual. Segundo Fritz Springmeier (que fala sobre o Projeto Monarca e MK Ultra) e Svali (uma ex-illuminati que fala sobre o que acontece dentro deste culto), eles prostituem meninas desde cedo (ou seja há uma ligação da pedofilia com magia negra - já vi casos assim de sujeito do candomblé com pai da macumba de matar animais e torturar animais abusar da própria filha) e as drogam e as utilizam em rituais de magia sexual. Quando crescem, podem até se tornar Miss dos lugares em que vivem. A vida de uma menina que é utilizada neste culto e que uma cidade inteira está envolvida neste culto é  retratada na série "Twin Peaks" de David Lynch.

Há um filme que retrata estes rituais, chama-se "De Olhos Bem Fechados" de Stanley Kubrick (ele mesmo de "Laranja Mecânica" e "2001 Um Odisséia no Espaço"), em que Tom Cruise faz o papel principal, de um médico que acaba por presenciar um ritual de magia negra onde mascarados participam de uma orgia em que recitam a missa cristã ortodoxa de trás para a frente.

Cenas de "De Olhos Bem Fechados" de Stanley Kubrick


Os abortos das gravidezes geradas são oferecidas aos espíritos caídos. Trabalhando na área médica, em estágios de obstetrícia ouvi relatos de mulheres que foram fazer aborto nas "curiosas", que são mulheres que trabalham em centros de candomblé ou macumba (diferente de umbanda que não tem sacrifícios de nenhum tipo), sem higiene e com risco de fazer a mulher morrer de infecção depois. Estes fetos retirados são oferecidos. Geralmente isto ocorre um mês depois do carnaval. Quando as mulheres percebem que não estão menstruando e podem estar grávidas.

Qualquer semelhança destas máscaras com o Carnaval de Veneza não é mera coincidência...



A existência de pedofilia e perversões dentro da Igreja Católica reflete a presença dos magos negros ali dentro, porém os piores relatos são estes sobre os Illuminati e as ordens secretas. Dragões e luciferianos. Qualquer um que relacione a Estrela da Manhã com Lucifer. No Apocalipse de João na Bíblia, eles falam que os herdeiros da Terra herdarão a Estrela da Manhã que para os cristãos é Jesus. No entanto, para os luciferianos, é Lucifer. Lembrar que os luciferianos são híbridos de reptilianos com humanos nórdicos e eles são os piores de todos os luciferianos porque conseguem infiltrar em meios onde há conhecimento, porém por apresentarem traços contraditórios do bem e do mal, confundem e provocam um estrago muito grande por serem muito carismáticos. Eles se fazem passar por bem intencionados, porém o chão do inferno está forrado de boas intenções e são os lobos em pele de ovelha.

Qualquer semelhança destes rituais com o carnaval não é mera coincidência. Abram os olhos e rezem muito por esta nação que tem vivido durante todo este tempo na obscuridade da consciência.

A pornografia tem sido fomentada durante muito tempo, com a hipocrisia dos homens cobrarem das mulheres atitudes de reserva, quando eles mesmos adoram revistas, filmes e procuram a prostituição e amantes. E tudo isto tem ligação com os Illuminati e os magos negros.

AGRESSIVIDADE

O soldado chega a ser condecorado e é considerado herói depois que mata. Quanto mais inimigos matar, mais condecoração terá. Ao matar o primeiro inimigo, ele se torna um verdadeiro guerreiro. Por isto precisa ser insensível à dor alheia, não pode ter empatia, não pode chorar, não pode ser sensível. Para os meninos, dê armas de brinquedo e soldadinhos, GI Joes, games de guerra e de matar inimigos. E se ele não gostar e não bater em seus colegas se provocado, é um maricas.



Quanto mais psicopata, mais reptiliano, melhor. Ele matará, beberá o sangue dos seus inimigos e estuprará as mulheres inimigas, espalhando assim o DNA reptiliano pela Terra. Assim também foi espalhado o DNA reptiliano entre os africanos trazidos como escravos para o Brasil. Não há nada de romântico sobre senhores de engenho descendentes da realeza européia com sangue real Illuminati engravidando mulheres escravas.

Um filme que faz as pessoas idolatrarem um psicopata de carteirinha é "Laranja Mecânica", também de Stanley Kubrick. O personagem principal é retratado como um sujeito que faz orgias com mulheres de bar, depois vai assaltar casas de pessoas onde abusa sexualmente das mulheres que assalta e as mata. Depois este sujeito é preso e torturado (as mesmas paredes de tijolo aparente das câmaras de tortura deste filme são encontradas no clipe de "Wide Awake" de Kate Perry, cogitada como possível escrava do Projeto Monarca). As pessoas idolatram este filme como cult, porque Stanley Kubrick seria o gênio de "2001, Uma Odisséia no Espaço". E falam sobre a estética e o design do filme. Há camisetas com estampas deste filme e até modelitos para mulheres com a estética deste filme em lojas alternativas. Porém não atentam para a completa falta de senso moral do mesmo. Este sujeito é o típico escravo Illuminati matador, o que vai matar, torturar e abusar dos que são os escravos prostituídos e drogados.



Mas os filmes estão repletos do que eles chamam de "anti-heróis" que são cultuados. Como "Onze Homens e Um Destino", entre outros que falam sobre psicopatas. Estranhamente estes filmes tem muito mais divulgação e estranha admiração dos críticos do que filmes que falam sobre gente de bem.

Em certos países, principalmente os desenvolvidos mais envolvidos com a indústria de armas, há um culto da guerra e o falso conceito de que o exército é muito importante e é necessário combater sempre o tal lado oposto. No entanto, estes mesmos que dizem ter de combater também já cometeram muitos crimes de guerra. É a Kali Yuga, a Era do Ferro em que os governantes são guerreiros.

Há no culto dos Illuminati (reportado por Svali) o treinamento de crianças e adultos em florestas dos EUA, com armas e estratégias de guerra. Estes são os próprios grupos paramilitares que já foram retratados lá e são os acusados de explodirem um prédio em Oklahoma. Estas crianças são treinadas para matar e é possível que os garotos de Columbine que atiraram em seus colegas fizessem parte destas famílias que são membros deste culto. Não se iludam de acharem que apenas os paramilitares fazem parte do culto. As forças armadas americanas, principalmente os de patente mais alta, estão no culto. É por isto que os EUA entram em guerra o tempo todo.

Svali começa seu relato falando de rituais satânicos no Vaticano, fala destas crianças que são ensinadas a matar desde cedo. Começam colocando-as para matar animais pequenos e vão aumentando o tamanho dos animais até chegar a um ser humano. Existem relatos de que no candomblé eles vão matando animais pequenos até chegarem a um boi. E há relatos de pessoas ligadas à macumba que matam até os próprios filhos em rituais. Cabe aqui novamente reforçar que a umbanda é do bem e não faz sacrifícios de nenhum tipo.

DROGAS

Os artistas (principalmente músicos e atores) para serem considerados criativos precisariam usar drogas (álcool, maconha, cocaína, LSD, ecstasy, heroína e outras). O primeiro baseado marca o rito de ser um verdadeiro músico. Os Beatles narram o encontro com Bob Dylan que apresentou a maconha para eles.

Não importa se o tal músico ou artista vai morrer cedo seja por câncer de pulmão do vício da maconha (há trabalhos científicos sobre a fumaça da maconha conter tantas substâncias tóxicas quanto um cigarro de tabaco, substâncias estas que provocam câncer e Bob Marley morreu de câncer), seja por overdose de cocaína, heroína.

Temos os exemplos negativos de vários roqueiros que morreram no tal do Clube dos 27 (com 27 anos) de overdose (Jimmy Hendrix, Janis Joplin, Kurt Cobain, Amy Winehouse entre muitos outros). Parece até que as drogas são a passagem para a posteridade. Interessante que a música de maior sucesso de Amy Winehouse foi "Rehab" que diz que ela se recusou a entrar para programas de recuperação. Ninguém a conhecia antes disto. Foi a "passagem para o sucesso mundial" para ela. E a passagem para a morte precoce. Ao todo são 48 roqueiros, porém os seis mais famosos são estes abaixo, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Jim Morrison, Brian Jones, Kurt Cobain e Amy Winehouse.



John Lennon não usava apenas maconha e LSD. Ele também foi viciado em heroína. Só depois de se livrar da heroína ele compôs "Imagine".

As revistas de música dos anos 80 falavam com muito glamour sobre as drogas e os roqueiros. Parece que os músicos verdadeiros sempre tinham que ter algum envolvimento com drogas ou então algum pacto com a magia negra. Cabe lembrar Raul Seixas.

Antigamente, a tribo dos surfistas também tinha o ritual de aceitação da maconha. E todo maconheiro idolatra Bob Marley que morreu de câncer bem cedo. Eu já vi um traficante de drogas da favela fã de Bob Marley. Ele era violento. Não era de paz.

No meio do teatro e dos atores, fumar maconha parece também ser lei. E infelizmente para alguns alternativos da espiritualidade, isto é visto como normal e até como culto.

Há um site interessante falando sobre a sabotagem do movimento pela paz nos Estados Unidos pelos Illuminati, que criaram o conceito de hippie e introduziram as drogas dentro do meio da música como algo a ser seguido. Este site está em inglês e fala sobre Laurel Canyon, uma rua de milionários na Califórnia (Los Angeles). O site é "Inside The LC", ainda não traduzido para o português (aguardo alguém que tenha coragem de traduzir este texto). O autor do site agrupa todas as histórias que ocorreram em Laurel Canyon, como a ação do grupo de Charles Manson no assassinato de Sharon Tate (atriz de "O Bebê de Rosemary"), estranhas mortes, drogas e as bandas de rock que nasceram ali, as biografias de seus integrantes.

Nos anos 60, Martin Luther King havia começado o movimento negro a partir do manifesto de uma mulher negra que se recusou a mudar de lugar em um ônibus porque os americanos brancos tinham instituído um lugar específico no ônibus para os negros sentarem, porque não admitiam que negros se sentassem do lado dos brancos. Isto é real porque meus pais foram lá nos anos 70 e me disseram que num hospital, na sala de espera, havia um lugar reservado para negros sentarem separados dos brancos.

Do outro lado do mundo, um monge chamado Thich Nhat Hanh do budismo vietnamita escreveu uma carta para Martin Luther King porque seus monges estavam desesperados e se matando ateando fogo neles mesmos por verem tudo o que estava acontecendo com seu povo por conta da guerra. Ele pedia para Martin Luther King incluir em seu movimento, a luta contra a guerra do Vietnã, pela paz verdadeira. Era a primeira vez em que a humanidade falava de paz, falava para pararem as guerras.

Não existiam os hippies quando isto aconteceu. A ideia de paz e amor não partiu dos jovens músicos.

No entanto, jovens filhos de militares americanos (principalmente da marinha americana) começaram a se reunir numa rua chamada Laurel Canyon, habitada por milionários da elite americana e de Hollywood (claramente mídia que trabalha a favor dos Illuminati). Estes jovens ricos foram acolhidos "generosamente" por estes milionários em suas mansões milionárias, sendo que as famílias destes milionários conheciam as famílias destes jovens. Esta rua estranhamente tinha sido palco para crimes estranhos anteriormente, como o misterioso assassinato de uma mulher militar americana que foi esquartejada. E também abrigou uma comunidade nazista em plenos EUA. As forças armadas americanas tem muitos membros Illuminati porque a indústria de armas é regida por eles. E a CIA também faz parte do esquema. Os milionários e a elite do governo também fazem parte dos Illuminati. Independentemente dos lados (republicanos ou democratas).

Aqui está um filme chamado "Hemp for Victory" ou "Maconha para a Vitória" de 1942, da marinha americana. Interessante como a maconha que dizem fazer as pessoas ficarem pacíficas e associada com paz e amor, foi usada extensivamente pela marinha americana, que mais aprontou nas guerras do século passado e deste século.

"Hemp for Victory" ("Maconha para a Vitória")


Estes jovens nada mais eram do que os componentes do The Doors (o pai do Jim Morrison foi o almirante que atirou o primeiro míssil no Vietnã dando início à guerra do Vietnã), The Mamas & The Papas, The Beach Boys, The Byrds, Jimi Hendrix entre outros. Todos eles eram filhos dos militares americanos e usavam drogas de maneira completamente livre e farta. E sim, eles tinham acesso a drogas mais pesadas. Hendrix usava heroína e cocaína e morreu de overdose.

Quem dava as drogas para eles? As forças armadas americanas e a CIA, de acordo com o autor do site. Fala até sobre um sujeito da marinha americana que fabricava diferentes tipos de drogas na banheira de casa e distribuía nos shows dos anos 60.

Num belo dia, foi parar em Laurel Canyon um grupo liderado por um ex-mariner americano (que se chamava Vitor Paulekas e antes de entrar na marinha tinha sido preso por roubo). Ele era casado com uma mulher e tinha um filho loirinho lindo (Godo Paulekas). Usavam drogas também extensivamente, maconha e LSD. Eles apareciam nos shows destas bandas de Laurel Canyon e dançavam de maneira muito estranha, parecendo histéricos. Começaram a ser chamados de "Histers" ou "Hipsters", derivado de "histéricos". Deste termo, a revista Times inventou a palavra "Hippie" e espalhou pelo mundo o conceito de que estas pessoas eram uma tendência cultural a ser seguida pelos jovens porque eles eram para a paz e para o amor.

O filho de Vitor Paulekas morreu em Laurel Canyon com a idade de 3 anos e meio, após uma estranha sessão de fotos na clarabóia da sua casa. Seus pais tinham usado drogas quando isto aconteceu.

Posteriormente, foi ali que Charles Manson levou seus seguidores da seita, ele chegou a conhecer membros dos Beach Boys e de todas as outras bandas e chegou até a gravar uma música no estúdio de um dos membros dos Beach Boys. Numa das mansões de Laurel Canyon foi onde Charles Manson e sua seita assassinaram Sharon Tate, a atriz de "O Bebê de Rosemary", um filme de terror com conotações satânicas. Ele dizia que foi comandando por frases do "White Album" dos Beatles.

O lugar posteriormente virou um ponto de venda de cocaína. Os EUA são hoje em dia o maior consumidor de cocaína do mundo. O Brasil é o segundo.

São inúmeras as histórias de amigos que se viciaram em maconha, consumiam todos os dias e tiveram síndrome do pânico e paranóia. Os que tem mediunidade relatam que chegaram a ver obsessores e até reptilianos. A maconha, no mundo espiritual, abre a visão porém do astral inferior, dos espíritos ligados a emoções ruins, como os reptilianos.

Uma amiga me relatou que um amigo se meteu com a Ordem dos Dragões (claramente reptiliana - dragões são eles mesmos) e que estava estranho, fumando muita maconha e viu num fórum desta ordem fotos que sugeriam magia negra sexual. Este amigo estava com síndrome do pânico. Nos livros de homeopatia, está escrito que a Cannabis sativa provoca síndrome do pânico e paranóia.

Muita gente fuma maconha e quer fumar todos os dias. Alegam que diminui a ansiedade e melhora a hiperatividade. Corta a mediunidade de contato com espíritos mais elevados de verdadeira luz  (relato de usuário médium).

Pois é. Consumir todos os dias e querer até plantar para o consumo próprio parece coisa de viciado, como os alcoólicos que querem produzir o próprio licor e a própria cerveja e consomem todos os dias. Consumir todos os dias já se considera vício. Vício é sinal de desequilíbrio.

Se você é aquele cara que vive plantando maconha e vendendo maconha junto com as pulseirinhas de miçanga por aí, vive dormindo nas ruas todo largado, você é um traficante que vende pulseirinha de miçanga, está viciado.

No culto dos Illuminati, segundo o Projeto Monarca e MK Ultra e Svali, meninas são drogadas desde cedo e alguns meninos também, os que serão utilizados em pedofilia e rituais satânicos mais tarde. E as drogas não são só cocaína e heroína, a maconha está incluída.

Algumas cidades no Brasil e no exterior se tornaram reféns do tráfico de drogas de tal maneira que é impossível viver sem entrar em contato com uma criminalidade absurda. Estranhamente (ou não se considerarmos que a imprensa faz o que os Illuminati querem) a mídia vive colocando o funk proveniente dos traficantes como música de movimento cultural. Existem programas de televisão que colocam apenas o funk como ritmo de dança. Até parece que só existe o funk para dançar. Até parece que o funk é a única expressão cultural das favelas. Se eles quisessem dar uma chance real para a população da favela, não pegariam o que vem de criminosos e nem exaltariam tal cultura do crime.

Já vi uns garotinhos fora do Rio de Janeiro, em cidades bem mais calmas, adolescentes mimados que nunca viram uma favela de verdade, ouvindo funk da pior baixaria de tratar a mulher como prostituta usando termos chulos, ouvindo alto este barulho, com pulseirinha com as cores da Jamaica (referência a maconha) e se achando dizendo que vão fumar maconha. Um deles usava um óculos parecido com aqueles que alguns usam na internet para se dizerem manifestantes contra os políticos. Estes garotos conseguiram quebrar a janela de cima do ônibus. Depois de quebrar a janela de cima, um deles disse "Ah, mas o governo prometeu colocar ar-condicionado nos ônibus".

No entanto, o que eles não sabem é que os protestantes dos movimentos que faziam vandalismo e vinham fumando maconha eram uma minoria (a maioria das pessoas que foram para as manifestações não queria vandalismo e estavam ali contra a corrupção de fato) e foram contratados por certos políticos que são corruptos, para sabotar o movimento. Uma parente próxima me contou que uma colega disse que o sobrinho desempregado foi contratado por  um ex-governador do Rio de Janeiro e hoje deputado federal mais votado, para fazer vandalismo nas manifestações. Ele foi o que adiou a votação da PEC que impediria o Ministério da Justiça de julgar os políticos do Mensalão, para fazer o movimento das manifestações perder a força. Além disso, já ouvi de gente que mora no subúrbio do Rio de Janeiro que determinado candidato a governador do estado fuma e cheira e o ex-governador que ia de helicóptero para o trabalho com o dinheiro público também. O falecido Leonel Brizola é conhecido por ter feito um pacto com os traficantes do Rio porque sua filha consumia drogas. Ou seja, os políticos estão metidos com o tráfico e acredito que são eles mesmos os fornecedores da droga para os traficantes. Diz-se que Brasília nos anos 80 e 90 era um lugar onde muitos jovens se viciavam em drogas pesadas e até morriam.

Quem assistir "Meu Nome Não É Johnny" verá cenas em que o sujeito vai pegar cocaína para traficar no Fórum de justiça do Rio de Janeiro. Agentes carcerários consumindo cocaína descaradamente.

Além das drogas, o baile funk tem absurdas perversões sexuais onde há sexo coletivo de forma pública e suas coreografias são ensinadas a crianças que não tem consciência do que estão fazendo. Nada mais apropriado para um dia estas crianças serem levadas a rituais de magia negra ou mesmo serem levadas aos bailes funk, onde engravidarão e abandonarão os filhos no mundo (realidade de prática médica porque eu ouvi relatos reais). E estes filhos poderão ser sacrificados nos conflitos com a polícia ou - não farão falta se um mago negro quiser utilizá-lo como sacrifício humano.

Quer ser traficante e ouvir funk? Vem morar aqui, na Favela da Maré, no Rio. O lugar tem um cheiro horrendo de fezes e esgoto ao ar livre muito forte, por falta de saneamento básico.


As pessoas não tem noção do que é ter de deixar a cidade em que nasci por conta da violência, de ver crianças chacinadas, de ver senhores mortos por fuzis porque entraram em favela por erro de trajeto, por ver o bairro em que morava com arrastão e assaltos a mão armada.

E em São Paulo onde tenho primos, também está cheio de favelas, porém não são visíveis porque não estão nos morros. Tenho relatos dos meus primos, um que levou coronhada na cabeça depois de assalto ao sair do trabalho. Outra de assalto de carro a mão armada, colega assassinada no banco que estava sentada no local onde ela trabalhava.

Aguarda-se uma solução de talvez a legalização da maconha retirar a renda destes traficantes. No entanto, não é porque é legalizada que a maconha não deixa de ser vício ou deixa de afetar as pessoas. Muita gente diz que não faz mal, porém provoca câncer (eu sei que tem gente que diz que impede o câncer, no entanto tem tantas substâncias cancerígenas quanto o cigarro de tabaco) e dá paranóia e síndrome do pânico (amigos que usaram já me contaram e descreveram tudo).

ABUSO DE PODER

O calouro de faculdade passa pelo trote. Porém nos dias de hoje e faz um bom tempo, os trotes geralmente são brincadeiras de mau gosto que provocam desconforto (ingerir alimentos impróprios para consumo humano, passar por humilhação) ou até mesmo mutilação maldosa. Tudo isto para os que são "mais velhos" provarem que são mais fortes e intimidadores, como se tivessem o controle sobre os mais novos. E a maioria das festas dos trotes são regadas a álcool.



O que está acontecendo com nossa sociedade que traumatiza as pessoas que conseguem realizar um sonho de passar para um curso que tanto queriam? Que nível de maldade e de insegurança estas pessoas tem para chegar a este ponto?

Conclusão

Como se vê, estes ritos de passagem parecem fazer crer que maturidade quer dizer perda da pureza, aceitação da corrupção dentro da vida das pessoas como ato natural, aceitação de um mundo psicopata onde domina o mais forte pela força, pela dor, pela imposição de medo. Esquece-se o respeito ao próximo para dar vazão a um ego competidor sem ética. Nada mais Era das Trevas.

MATURIDADE ESPIRITUAL

A maturidade espiritual é bem diferente da maturidade medida pela idade. Consiste em valores morais, de respeito ao próximo, de cooperação, de manutenção da vida, de auto cuidado, sensibilidade, de alívio da dor alheia, de paz de espírito e de amor.

Maturidade espiritual é saber manter-se sóbrio sem desligar as partes do cérebro que controlam a moral. É responsabilizar-se por manter a memória intacta para ouvir e lembrar dos seus atos e palavras para com o próximo.

É ter a verdadeira esperteza de manter sua memória ativa para lembrar dos bons momentos verdadeiros que passou com pessoas que são boas companhias ao invés de beber tanto álcool ou fumar tanta maconha ou usar tanta droga a ponto de esquecer até dos bons momentos.



É manter-se sóbrio numa reunião de negócios e permanecer atento para não enganar os outros e não ser enganado ou ao menos fazer as coisas com ordem e clareza.

É manter-se sóbrio para não dar vazão a instintos assassinos e abusivos. É saber se divertir e ter um humor limpo e saudável, inteligente.

A ansiedade é diminuída através da conduta correta em relação ao próximo e com a prática do bem, pela consciência de que com respeito ao próximo e com a prática do bem, a pessoa só atrairá o bem para si e por isto não precisa temer o futuro. Afinal, ansiedade é o medo do futuro.

As dores não são para serem meramente anestesiadas por pouco tempo, sejam dores do corpo, das emoções ou do espírito. Estas precisam ser ouvidas e curadas, porém com a sabedoria da cura do emocional e do espiritual.

O sexo é muito mais prazeroso e sem dores emocionais e doenças físicas, emocionais ou espirituais se for feito com alguém que se tenha desenvolvido o amor através da convivência e do respeito mútuo. Não pode levar à morte social de nenhuma das partes e nem à morte física. A responsabilidade de ter filhos e de se preservar é a verdadeira passagem para o mundo adulto.

Um soldado que tem maturidade sabe punir sem ter a necessidade de matar e utiliza a sabedoria de que o inimigo já será punido pelas leis universais. As pessoas precisam sim ter sensibilidade, empatia, compaixão ao invés de entrar na destruição do outro.

A criatividade dos artistas pode vir de maneira bem mais eficaz sem as drogas e sem mortes precoces glamourizadas. Bons sentimentos nas músicas e nas artes construíram verdadeiros clássicos com a linguagem universal do amor, clássicos estes que permaneceram na memória das pessoas de bem.

A verdadeira geração saúde não quer morrer de câncer por conta de fumo excessivo de qualquer tipo. O surf é ótima prática esportiva, assim como qualquer prática esportiva longe das drogas. Os músculos do corpo são para serem trabalhados para manter seu tônus e ter massa muscular em equilíbrio.

Há trotes que podem ser muito construtivos e não destrutivos como muitos que acontecem atualmente. Os calouros podem pintar os muros que outros picharam na cidade, podem arrecadar dinheiro para comprar remédios, roupas e alimentos para pessoas carentes, ajudar idosos. Podem ajudar tanta gente, ao invés de serem experiências traumatizantes e intimidadoras.



A solução para estes problemas não está na luta armada e nem numa ditadura seja de direita ou esquerda. Ela vem com a conscientização de cada um para não se envolver com as forças inferiores. É difícil encontrar uma pessoa que não tenha participado na vida de um carnaval, não tenha bebido um pouco de cerveja, não tenha fumado um cigarro. E você não sabia da relação de todas estas coisas com a magia negra e com os Illuminati.

Espíritos elevados não podem ser prostitutas e amantes e nem pedem por bebida e cigarro. Não pedem sacrifícios de animais nem humanos.

Esperamos auxiliar na reflexão sobre a mudança destes valores estranhos que regeram este mundo que já está passando.



PAZ
SHALOM
SHANTI
PEACE
PACE
PAIX

Um comentário:

  1. Sinto-me feliz e gratificada por ter encontrado esse Blog. Passei momentos muito agradáveis lendo os artigos aqui postados. Pretendo aparecer mais vezes... Obrigada! Abraço;

    ResponderExcluir