sábado, 30 de abril de 2016

Eu comecei a sentir e ver espíritos depois do nascimento da minha filha. Isto é normal?

Eu comecei a sentir e ver espíritos depois do nascimento da minha filha. Isto é normal?



Pergunta: 

Eu comecei a sentir e ver espíritos depois do nascimento da minha filha. Isto é normal?

Postagem de uma visitante Sarah Petruno, Xamã. Em 22 de Março de 2014.

Resposta: 

Completamente normal.

Muitos acreditam que esta época da vida da mulher é a experiência mais universal, espiritual.  De todos os humanos, homens e mulheres, em todas as classes econômicas e culturais. O momento depois da mulher dar a luz ao seu primeiro filho é de fato o PRINCIPAL momento para a abertura da habilidade de ver, ouvir e sentir o Espírito. Deixe-me dizer o porquê.



Antes do nascimento da minha filha, eu não era nada espiritualizada. Eu acreditava em fantasmas, não tinha nenhum motivo para ser uma cética de qualquer tipo, porém eu era mais ou menos desinformada no tópico de tudo o que era do Espírito e do mundo metafísico e eu não tinha nenhum interesse em aprender de verdade, a não ser assistir programas de TV sobre casos de assombrações.



Foi somente após o nascimento dela que a minha família começou a se transformar espiritualmente. Este período de tempo para mim coincidiu com quando a minha irmã gêmea, Amanda, se tornou médium profissional. Eu passava muitas horas sozinha com a minha filha, com tempo o bastante para pensar e bastante tempo de silêncio para o Espírito começar a me visitar também.



Cada ser vivo tem Espírito – você, eu, animais, plantas, bebês, quem quer que seja. Em nossos corpos físicos reside uma alma, o nosso Espírito.

E em algumas culturas e círculos espirituais acredita-se que entre os humanos, o Espírito de um bebê não se liga completamente a um corpo até o exato momento do nascimento do bebê no mundo físico, o momento em que o bebê respira pela primeira vez. Enquanto está no útero, o espírito vai e vem para o seu útero – existe entre o mundo físico do seu corpo e o mundo espiritual do seu útero. Entra e sai. Neste tempo, o espírito do bebê volta ao reino do Espírito, planejando os últimos detalhes sobre sua vinda na nova vida na Terra. O bebê está vivo mas o Espírito vai e volta.



Você pode ter sentido isto antes, certo? Eu senti. Dias, horas e momentos em que você sente que o bebê está realmente ali e ativo e você está conectada ao bebê e o bebê a você. Então em outros dias, você se sente bem desconectada – como se você não estivesse grávida de jeito nenhum!
No momento do nascimento, quando o bebê respira pela primeira vez é o momento em que o Espírito se liga fisicamente ao corpo.



- Um Canal Claro para o Espírito –

De que modo isto acontece? O Espírito do bebê entra no corpo da mãe através do chacra coronário, viajando pelo canal interno do corpo da mãe até que chega ao chacra coronário do bebê e entra através do chacra coronário do bebê. No momento do parto, a mulher é um portal completamente aberto para o Espírito.

Todas as mães, neste momento são um portal para o Espírito – para o Espírito do seu Filho.



O parto de uma criança é uma celebração, não só isso! Seus entes queridos que partiram, guias espirituais, anjos, ancestrais, todos querem estar ali para testemunhar a ocasião. Muitos dos seus amigos espirituais aparecem especificamente para o nascimento de uma criança.

Por estes dois motivos o nascimento de uma criança é um momento universal onde não há véus entre os mundos. É uma mistura completa do mundo físico e do mundo Espiritual. A mãe existe completamente em ambos estes mundos neste momento e para muitas mulheres (incluindo eu mesma), a existência entre estes mundos persiste por muitos meses após o parto. Eu sentia como se estivesse em transe, fora do meu próprio corpo e era algo surreal. Estas sensações são indicativos de que você está entre dois mundos.

No nascimento de seu primeiro filho, cada mulher teve sem saber uma experiência profundamente espiritual. Não é todo dia que você de repente se torna um portal para o Espírito e traz a vida para este mundo. É o momento de vida em que muitas mulheres, depois do nascimento de seu filho, começam a explorar significados mais profundos para as suas vidas, procuram a espiritualidade e examinam seus propósitos de vida.

- Você se Torna Muito Alerta -

Não apenas isso, mas durante o parto uma porta para a espiritualidade se abre. Você foi tocada pelo Espírito, passa muito tempo sozinha com a criança na paz das horas tardias da noite, você está muito mais disponível para aqueles que estão em espírito do que você já esteve. Você presta atenção nos sons, sensações, ruídos, toques, luzes que brilham. Você fica desperta para os sinais que o Espírito pode usar para chamar a sua atenção.



Com certeza isto ocorre por causa do seu filho, mas o seu corpo e espírito, reativamente, não sabem disso. Você percebe tudo. Quando seus entes queridos que se foram te visitaram antes você nem percebeu porque estava muito preocupada. E você ainda está preocupada, mas é diferente agora, você procura por coisas que especificamente não são “normais” ou de outra maneira, extraordinárias.

Os espíritos podem perceber que você está desperta. Você pode tê-los ignorado antes, mas AGORA É A CHANCE DELES. E eles vão aproveitar esta oportunidade para entrar em contato com você. Como um novo canal do Espírito, você é uma nova amiga em potencial interessante. Os Espíritos querem se comunicar, eles são pessoas, é da natureza deles querer fazer contato. Você é uma nova aluna na sala de aula, você acaba de se mudar para uma nova cidade, você acaba de entrar numa nova escola. É normal que os outros estudantes (espíritos) queiram se aproximar da nova estudante para fazer novos amigos. Você é popular e interessante, todos querem saber quem é esta garota nova legal que entrou para o clube dos Espíritos.  

Por que você pode ver e senti-los então? Simples, todos nós temos a capacidade de sentir energias (Espírito) e todos nós temos o terceiro olho, o chacra coronário, o chacra laríngeo o que quer dizer que todos podemos ver, ouvir e sentir o espírito. A única coisa que impede que nós adultos façamos isto são as nossas barreiras pessoais e quando nós nos tornamos um canal claro e os véus entre os mundos se abaixam, todas as barreiras se vão. Nós mergulhamos no mundo do Espírito.

Como você pode ver, há muitos fatores que contribuem para que os Espíritos visitem as novas mães e por que elas podem senti-los.

É importante perceber que se você não quer que os Espíritos sejam bem-vindos e se não quer este tipo de atividade em casa, você pode estabelecer limites em quem visita você ou quando isto acontece (isto pode ser nunca!). Da mesma maneira que você fala com alguém na sua nova turma para parar de mexer na sua mochila enquanto você vai até a cantina do colégio, você pode estabelecer regras aqui também.

Espero que isto ajude!

Sarah

FONTE: I started sensing and seeing spirits after the birth of my child is that normal?

Um comentário: