terça-feira, 20 de janeiro de 2015

DUALIDADE E CHACRAS

DUALIDADE E CHACRAS 

Os Nadis

Os Nadis são canais de energias que conectam os chacras. Seriam estes Ida, Pingala e Shushumna.

Ida seria o canal por onde circula a energia passiva ou Apana (energia feminina da lua - novamente, como Yin).

Pingala seria o canal por onde circula a energia ativa ou Prana (energia masculina do sol - Yang).

Shushumna seria o canal central por onde a Kundaliní circula quando a mesma está desperta. Dentro deste canal circulam as três gunas: Satva (Bondade e sabedoria), Rajas (Paixão) e Tamas (Inatividade). Seria como se Rajas fosse o modo da atividade (Yang), Tamas o modo da passividade (Yin) e Satva a sabedoria, a resolução ou unicidade. Quando estas três gunas se resolvem em unicidade, a Kundalini sobe pelo canal Shushumna. (Informações do livro Sat. Chakra Nirupana)


A Cabala hebraica também tem os três canais simbolizados por três cobras (a do meio é alada como no sistema dos chacras e do Cauduceu de Hermes) muito parecido com Ida, Pingala e Shushumna.



Esta figura mostra o próprio Cauduceu de Hermes dos gregos ligado aos chacras. Este é o símbolo adotado pela medicina. Sim, imagine que a face oculta da medicina está ligada aos chacras e à ascensão. Cabe aos médicos se tornarem mais integrais em suas condutas e ligarem o mundo emocional e espiritual ao físico.


Na Alquimia, o sol e a lua também representam os mesmos simbolismos do Yin e Yang dentro de nós. Esta figura da alquimia é muito parecida com Ida e Pingala.


Chacras da Dualidade

Dentro do sistema de chacras, existem alguns mais ligados à dualidade.

O Segundo chacra ou Svadhistana está diretamente ligado à dualidade por ser o chacra sexual, das energias masculina e feminina.



O chacra frontal são os dois olhos que são ainda dualidade, como já visto em "Unicidade e Dualidade - Parte I". Ao resolver a dualidade, chega-se ao terceiro olho, acima dos dois olhos, ligado ao chacra coronário e à pineal, a conexão divina, a unicidade.


O décimo chacra, segundo a "Tabela dos 22 Chacras", é o correspondente ao terceiro chacra na quarta dimensão e abre quando estamos com as polaridades masculina e feminina perfeitamente balanceadas.

Sentido de Rotação dos Chacras

Os chacras quando rodam no sentido horário obedecem à energia Yang ou masculina. Emitem energia. Quando a pessoa emite energia, pode curar outras pessoas. No entanto, se estiverem negativas, se vier do chacra solar, podem agredir uma pessoa e ferir.


Os chacras quando rodam no sentido anti-horário obedecem à energia Yin ou feminina. Captam energia. A captação de energia quando usada de uma forma positiva serve para sentir a energia do ambiente e das pessoas. Os curadores podem precisar captar a energia da pessoa num primeiro momento e depois emitir energia para curar. Se usado de forma negativa, pode ser usado para sugar a energia em vampirismo energético.

Os Chacras e os Elementos

Os chacras tem correspondência com os elementos já vistos em "Unicidade e Dualidade - Parte I".

O primeiro chacra ou básico corresponde ao elemento terra.


O segundo chacra corresponde ao elemento água.
O terceiro chacra corresponde ao elemento fogo.


O quarto chacra corresponde ao elemento ar.
O quinto chacra corresponde ao elemento éter.

CONTINUAR EM:


VOLTAR PARA:
UNICIDADE E DUALIDADE

Um comentário: