quarta-feira, 3 de junho de 2015

Crianças das Estrelas

Crianças das Estrelas


Quem são as crianças das estrelas? Seriam meramente aqueles que vieram de outros planetas?

O conceito de transmigração planetária do Espiritismo de Kardec fala sobre as diversas moradas dos seres humanos no universo. Este conhecimento de que reencarnamos em diversos mundos já estava presente no hinduísmo, na Gita. Chico Xavier psicografou um livro, "A Caminho da Luz" que fala especificamente da população de Capela. Edgard Armond escreveu um livro inspirado neste, que seria "Os Exilados de Capela".

A princípio, todos nós viemos de outros mundos e passamos por vários mundos. Nosso espírito sendo eterno nasce e renasce e tem um passado de pertencer à Fonte Criadora mas para aumentar o nível de consciência resolve encarnar em mundos e diferentes dimensões.

As crianças das estrelas no entanto não apresentam vidas neste planeta previamente ou então tiveram poucas vidas neste planeta. Estas podem se recordar espontaneamente ou então quando vão fazer regressão a vidas passadas relatam vidas muito recentes ou mesmo somente vidas em outros planetas.

No entanto, estas crianças das estrelas não são como os capelinos (os que ainda não se regeneraram e se recusam a fazê-lo podem ser reptilianos de Capela). Eles já vem com um nível de consciência inclusive moral mais desenvolvida do que as pessoas que estão aqui. Vieram de diversas partes deste universo, inclusive de outras galáxias. Muitos relatam vir de Sirius, Órion, Pleiades, Arcturus, Vega, Andrômeda. Já ouvi relatos de povos de 400 estrelas.

Dolores Cannon era uma terapeuta de regressão de vidas passadas que faleceu em 2014 e publicou um livro, "Keepers of the Garden" ("Os Guardiões do Jardim") no ano de 1993 que fala sobre os relatos de seu primeiro paciente que relatou em suas vidas passadas sobre vida em outros planetas.

Ela também publicou outro livro sobre as três ondas de trabalhadores da luz que vieram a este planeta, de acordo com os relatos de seus pacientes. Aqui está uma entrevista com Dolores Cannon sobre este livro:

Voluntários Que Vieram ao Planeta Terra

Há casos mais conhecidos já divulgados, como o de Boriska, o menino que disse que veio de Marte.


E Matías Gustavo de Stefano que se recorda de vidas passadas em outros planetas, no entanto ele já está faz tempo na Terra, tanto que já reencarnou na Atlântida e Lemúria. Ele consegue recordar o Sayonico, uma linguagem de outro mundo. Veja mais em Matias Gustavo de Stefano: Um índigo se recorda de tudo.

A série "Alienígenas do Passado" fez um episódio sobre as crianças das estrelas, que teriam vindo de outros planetas para a Terra e teriam conhecimentos muito maiores do que os terráqueos.



Existem algumas tendências ou armadilhas que as crianças das estrelas podem apresentar. Alguns quando sabem que não são daqui muitas vezes nas épocas mais difíceis tem vontade de voltar para seu planeta natal. É muito importante vigiar tendências suicidas em algumas destas pessoas, é o desafio que elas tem que enfrentar enquanto encarnados na terceira dimensão. Precisam entender que estão aqui para cumprir suas missões em prol da humanidade. Muitos não se casam e não constituem família porque não querem se apegar a este planeta e querem voltar para seu mundo. No entanto, a vibração e o curso da história já foi bastante modificado para o lado positivo e muitos que eram guerreiros da luz já estão relaxando e estão constituindo família. Alguns vem com diversidade de gênero por não precisarem criar vínculos com este planeta.

Dentre as crianças da nova era, as crianças das estrelas gostam muito de tecnologia avançada e muitas vezes trazem esta tecnologia para a Terra. 

Muitas vezes estão mais ligados a uma dimensão diferente das naves espaciais (que podem ser merkabas dimensionais) e saem em espírito para visitar seu mundo natal e sabem sobre portais dimensionais no espaço.

Um vídeo no mínimo curioso da UNICEF sobre um menino extraterrestre com poderes paranormais numa sala de aula comum.



Aqui estão questionários para você saber se é uma criança das estrelas:


LINKS RELACIONADOS


Um comentário:

  1. De repente, esse assunto começou a me interessar, embora jamais tivesse curiosidade sobre ele alguma vez. O que tem ocorrido é uma força para me relembrar da minha infância, que já venho obliterando há algum tempo, igualmente como parte dos último 30 anos - que venho forçado para esquecer mesmo, e essa tendência a autodestruir as memórias de minhas vivências vem desde meus 20 e poucos anos (hoje tenho 39).
    Às vezes, escrevo histórias, seja conto ou mesmo algo mais longo... e a maior surpresa nisso tudo, desse conhecimento que estou adquirindo agora graças ao seu blog e outros sites, é que os meus personagens, quase todos eles, são um tipo de "criança das estrelas". Há 10 anos venho escrevendo sobre elas sem saber que elas existem de verdade, fora do universo da literatura fantástica.
    Agradeço de coração pelas informações compartilhadas conosco :)

    ResponderExcluir